AudienciaPublicaAM-050318-600x400

Audiência na Assembleia Legislativa do Amazonas debate importância da Caixa 100% pública

06/03/18 11:21 /

Por iniciativa do deputado estadual Sinésio Campos (PT), foi realizada na manhã desta segunda-feira (5), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), audiência pública para debater a manutenção da Caixa Econômica Federal 100% pública, que pode vir a ser incluída pelo governo federal no pacote de privatizações previstas.

“A Caixa tem um papel importante no desenvolvimento econômico e social do país, sendo difícil encontrar um cidadão que não tenha alguma relação com o banco, seja devido ao PIS, FGTS, poupança ou programas sociais”, destacou Sinésio Campos. Segundo o parlamentar, atualmente o banco é responsável por 70% de todo financiamento imobiliário no Brasil, além de administrar políticas públicas importantes para a diminuição da desigualdade social, como o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, FIES, entre outras ações.

O presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, participou da audiência. Segundo ele, é preciso que todos os empregados do banco e a sociedade em geral se posicionem contra a privatização, antes mesmo de qualquer anúncio oficial nesse sentido. “Se a Caixa deixar de ser 100% pública, todos os brasileiros, especialmente os mais carentes, serão prejudicados. Os bancos privados vão aonde tem muito dinheiro. Eles não vão assumir os compromissos de desenvolvimento da Caixa, sobretudo no interior do país”, lembrou. Jair citou que 91% dos financiamentos habitacionais do Amazonas são feitos pela Caixa.

Durante os debates, foi estabelecido que o Fórum Estadual do Setor Elétrico será ampliado e também irá debater as questões contra a proposta de privatização da Caixa. O colegiado já discute o processo de privatização das empresas distribuidoras de energia subsidiárias da Eletrobrás que operam na região Norte. Também foi proposta uma programação de manifestações e distribuição de panfletos à população com informações sobre as possíveis perdas acarretadas com a privatização do banco.

Ainda participaram da reunião o presidente da Apcef/AM, Paulo Roberto da Costa; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Estabelecimentos Bancários do Amazonas, Ninimberg Barbosa dos Santos; a presidente da AEA/AM, Ieda Lucena de Souza; a diretora de Controle Interno da Secretaria Municipal de Finanças, Lucilene Viana, representando o prefeito de Manaus; e a coordenadora do Movimento Nacional pela Moradia, Neila Gomes.